20 de março de 2012

PROJECTO Escola dos Amigos, Afectos, JARDIM DE INFÂNCIA






Síntese do projecto



Lançado o objectivo , "organizar e implementar programa sobre sexualidade, educação sexual e género numa escola do concelho" desenvolveu-se no Jardim de Infância dos Olhos de Água um projecto de educação afectivo-sexual, composto por vários temas e sessões.


Em Outubro, deu-se ao início às sessões na sala de jardim de infancia incluindo, assim, 21 crianças com idades compreendidas entre os 3 e os 4 anos.

Destinatários


Crianças do ensino pré-escolar com idades compreendidas entre os 3 e os 4 anos.
Inicialmente previa-se que o projecto fosse desenvolvido com crianças dos 4 e 5 anos mas tal não foi possível. A implementação com uma faixa etária inferior comportou outros desafios.


Número de crianças abrangidas pelo projecto
21

Temas abordados:

Diferenças entre géneros;


Crescimento e transformações do corpo, diferenças entre o corpo das crianças e o dos adultos;


A importância da higiene.

Expressão corporal as sensações que o corpo potencia

Origem, avaliação dos conhecimentos.

Evolução da Gravidez e Nascimento.

De onde vêm os bebés.

Cuidados com o bebé.

Conceito de família, diferentes famílias.

A minha família.


Profissões.



Principais conclusões



O principal desconhecimento verificou-se em relação ao tema da nossa origem. A maior parte das crianças sabem que estão na barriga das mães mas não tem noção da forma como nascem. Das actividades, que permitiram explorar essa temática, foi possível perceber que acerca do nascimento a maior parte também identifica ter saído pela barriga, desconhecendo a forma mais natural, o parto vaginal.
Para esta faixa etária etária é importante que as crianças compreendam, em relação à concepção, que é necessário dois progenitores e que cada um tem uma espécie do que chamam “semente”, que juntas, formam o bebé.

Nesta idade a forma como acontece a concepção não suscita interesse, o que pode significar que isso não lhes causa curiosidade. Tal facto era previsível, a questão da concepção é um tema que surge mais tarde, numa altura que as crianças também têm outra capacidade de entendimento e logo mais curiosidade.
No fim das sessões sobre, origem e nascimento, algumas crianças foram “convidadas” a perguntar aos pais como nasceram e sem receio algumas identificaram terem nascido pela vagina, a que atribuem outros nomes, loló, pipi…
Apesar dos pais terem mostrado muito interesse e de terem sido incluídos neste projecto, através da resposta a um questionário e da entrega de ecografias e fotografias do periodo da gravidez e dos filhos recem-nascidos, a verdade é que ainda consideram que esta idade é muito precoce para a abordagem destes temas.

No entanto, após explicação do projecto, compreenderam que a abordagem à concepção e nascimento seria adaptada à compreensão das crianças. Todos pais tiveram acesso à descrição e materiais a utilizar nas sessões.

O sucesso do projecto deve se muito à educadora e auxiliar que ajudaram a dinamizar as sessões fazendo a ponte com as crianças.




Obrigada Paula e Carla.





Pretende-se realizar no final do ano lectivo uma exposição com os trabalhos realizados. para mais informações sobre o projeto, contacte-me! (opontoque@gmail.com)
















Um comentário:

foxos disse...

Interessante projecto. Estas iniciativas devem ser divulgadas e fomentadas, nos dias de hj urge a necessidade de manter as crianças informadas acerca desta temática da sexualidade de forma ajustada. Os meios de informação são mais que muitos, mas continua a existir uma grande resistência e incapacidade das figuras parentais servirem de veículo de informação/esclarecimento aos seus filhos sobre a sexualidade

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...