10 de julho de 2009

UGANDA PREPARA-SE PARA PROIBIR A MUTILAÇÃO GENITAL FEMININA




"0 Uganda está a ponto de aprovar uma lei para proibir a mutilação genital feminina, muito comum entre as tribos do leste do paíS."

De acordo com o que Deus fez, não há nenhuma parte do corpo humano que seja inútil", declarou o presidente Yoweri Museveni.


"Vocês interferem na obra de Deus. Alguns dizem que é cultura. Sim, apoio a cultura, mas vocês devem apoiar uma cultura que seja útil e baseada em informação científica", completou.

A mutilação consiste em geral na ablação do clítoris e, com frequência, dos lábios menores. Outra forma de mutilação é a infibulação, consiste na excisão completa com a ablação dos lábios maiores, com uma sutura completa para impedir o coito.

A mutilação genital é executada por crenças que vão desde que a mesma inibiria o apetite sexual "indesejável" em uma mulher até supostos benefícios de saúde ou higiene.

Entre 100 e 140 milhões de mulheres no mundo já foram vítimas da prática, segundo a ONU"

Noticia publicada:http://noticias.uol.com.br/ultnot/afp/2009/07/03/ult34u223770.jhtm

Um comentário:

Eudu disse...

Li uma vez que a Naomi Campbell foi mutilada e não tem clitóris. Uma monstruosidade o que fazem. Mas acho dificílimo lidar com culturas, ainda mais num país com várias tribos e etnias.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...